Rua Almirante Barroso 52 - Bairro Amambaí Campo Grande / MS CEP: 79008-300
(67) 3311- 4425

Setor de turismo do Estado apresenta Carta de Compromisso aos candidatos ao Governo de Mato Grosso do Sul

O turismo é um importante segmento do Estado de Mato Grosso do Sul, pois além da sua potencialidade advinda da vocação natural, possui efeitos multiplicadores sobre diversos setores da economia, tais como os relacionados a bares, restaurantes, hotelaria, atrativos turísticos, transporte, agências.  Ao todo, são mais de 50 segmentos que são beneficiados com o turismo e com eles a geração de emprego e renda. “Estamos falando de um setor que compõe o comércio de bens e serviços, que representa a maior parcela do PIB, geração de emprego e número de empresas do país e do Estado”, destaca a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS, Daniela Dias.

 

Contudo esta importância econômica esbarra na necessidade de maiores fomentos direcionados a atividade, principalmente, a partir da parceria público-privada. E é nesse sentido, com o objetivo de firmar um compromisso com o futuro governador do Estado, que os representantes das entidades ligadas ao turismo estão entregando um documento aos candidatos, contendo diversas solicitações.

 

O primeiro a receber a Carta de Compromisso foi o candidato pelo PMDB, Junior Mochi, em reunião realizada nesta quarta-feira (05), com a presença da Abav, Abih-MS, Abrasel-MS, Atratur Bonito, Bonito Convention Bureau, Campo Grande Destination, Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes e a Cetur da Fecomércio-MS. Na ocasião, foram apresentados dados econômicos e  as atividades turísticas que poderiam ser potencializadas.

 

Dentre essas solicitações, estão aquelas relacionadas à tecnologia e estímulo à exploração do turismo de diversas regiões do Estado,   explica a gerente de Relações Institucionais da Fecomércio-MS, Tatiana Maachar. “Além disso, observa-se ainda que em Campo Grande há presença significativa de turistas de passagem para outros municípios. No entanto, sabe-se que o turismo dessa região poderia se despontar para, por exemplo, eventos, negócios e lazer, de modo a tornar a cidade mais atrativa e consequentemente ampliar a quantidade de dias de permanência", diz Tatiana

 

“Por isso, há necessidade de se enxergar o turismo como um importante mecanismo para o crescimento e desenvolvimento do Estado, segmento esse que ainda possui carências de informações e de estímulos governamentais”, conclui Daniela.

 

O conteúdo completo da Carta de Compromisso está disponível neste link.

 

Reuniões

 

Após a primeira reunião com o candidato do PMDB, Junior Mochi, realizada nesta quarta-feira (5), está programada, para o dia 19 de setembro, a entrega da Carta de Compromisso ao candidato Reinaldo Azambuja (PSDB).

 

O candidato João Alfredo (PSol) não assinará a Carta, o mesmo enviou uma justificativa, explicando as concordâncias e discordâncias das reivindicações. Já os candidatos, Odilon de Oliveira e Humberto Amaducci, informaram que estão analisando o documento e em breve agendarão uma reunião.

 

Notícias Relacionadas

Fecomércio © - Federação do Comércio do Estado do Mato Grosso do Sul